Troféu Stevie Wonder

Se a FIFA instituísse essa honraria para fazer companhia ao Prêmio Puskas o bandeira que anulou o gol do Corinthians ontem seria desde já um concorrente quase imbatível, afinal, não é todo dia que se vê um impedimento tão mal marcado. Estupefato diante de um erro tão grosseiro, fiquei tentando lembrar lances semelhantes em jogos do Fluminense. Uma espécie de auto-desafio de memória e masoquismo. Lembrei de três, reunidos no vídeo abaixo.

Lance 1

O Fluminense em situação desesperadora no Campeonato Brasileiro de 1997 jogava uma de suas últimas cartadas pela permanência na Série A. O adversário era o União São João de Araras, único time abaixo do Flu na classificação. O jogo estava empatado e já se encaminhava para o fim quando André Miquimba cruza uma bola rasteira, Rogerinho passa por um mar de zagueiros e completa para o gol. O bandeira Marco Antônio Martins, de Minas Gerais, marca impedimento. Como se pode ver na imagem abaixo, congelada, haviam nada menos que cinco jogadores do União São João dando condições a Rogerinho, que ainda por cima estava atrás da linha da bola no momento do passe. Um erro digno de entrar para o Guinness.

Imped1

Lance 2

O Campeonato Carioca há muitos anos já virou um negócio tão folclórico, com tantos favorecimentos explícitos, que pouca gente ainda leva a sério. Mas as vezes eles se superam. Foi o que aconteceu na semifinal da Taça Guanabara de 2001 entre Fluminense e Americano. O Fluminense já vencia por 1×0 quando aos 11 minutos do segundo tempo, Marco Brito, em posição legal por uns cinco metros, aproveita um rebote do goleiro e marca. Além da enorme distância para o penúltimo homem da defesa do Americano (o goleiro), haviam três adversários à frente de Marco Brito no momento do chute de Agnaldo que ocasionou o rebote do goleiro. Não bastou. O auxiliar Luiz Antônio Leitão levantou seu instrumento de trabalho e o gol foi anulado. O analista de arbitragem Cláudio Vinícius Cerdeira (que expulsou dois jogadores do Fluminense na decisão do Campeonato Carioca de 1991) inicialmente diz que é “um lance difícil” (?!?), mas depois do replay muda o discurso para “erro muito grave”, um comentário mais compatível com as imagens. Pelo menos dessa vez o erro grotesco não influiu no resultado do jogo já que o placar de 1×0 se manteve até o fim.

Imped2

Lance 3

Campeonato Brasileiro de 2015, Fluminense e Corinthians se enfrentavam em Itaquera. A equipe paulista vencia por 1×0 até que aos 10 minutos do segundo tempo há um escanteio para o Flu. Scarpa cruza, Edson desvia de cabeça, a defesa do Corinthians tenta fazer a linha de impedimento mas deixa Cícero em condições. Este domina e marca o gol com facilidade. Apesar de Cícero estar em posição legal por mais de dois metros o auxiliar Fábio Pereira, da federação do Tocantins, anula o lance. O mesmo auxiliar já havia anulado um gol legal do Fluminense contra o Grêmio em Porto Alegre pela Taça Libertadores de 2013, jogo que terminou 0x0.

Imped3

Logicamente houveram centenas de outros erros de impedimento contra o Fluminense e alguns a favor, mas esses três são dignos de serem relembrados.

2 comentários

  1. Muito boas as suas lembranças e observações, Bolt. Especialmente a linha sobre o “folclore” que tem sido o Campeonato Carioca. No meu blog, já me cansei de denunciar os erros da arbitragem contra o Fluminense (e dou gargalhadas dos que ainda tentam argumentar que “erram para todos os lados na mesma medida”, contra todas as evidências).

    A propósito, que bom que entrou para o mundo dos blogs. Será um grande acréscimo às leituras tricolores, com todo o seu conhecimento. Seja muito bem-vindo (já adicionei o link daqui na lista dos meus “blogs amigos”).

    Saudações Tricolores!
    PC

    Curtido por 1 pessoa

  2. Pela sua relevancia como resultado, pela importancia do jogo, dedico o Troféu Stevie Wonder ao trio do jogo que surrupiou o gol legalíssimo do CICERO.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s