Fla-Flu

13×0, um gol sofrido em oito jogos e goleada sobre o rival

O Fluminense estreou no Campeonato Carioca desse ano com uma derrota, ainda que com reservas, desanimadora, perdendo para o Boavista por 3×1. A partir deste jogo no entanto o time conseguiu números expressivos. Em oito jogos obteve seis vitórias e dois empates. Marcou 17 gols e sofreu apenas um.

Se é inegável que o nível dos adversários nestas partidas em geral foi muito baixo, também é verdade que o Fluminense tem enfrentado adversários igualmente frágeis nessa época do ano em quase todas as temporadas recentes, e nem sempre os resultados são bons.

Com a vitória por 4×0 obtida no clássico de ontem o Fluminense atingiu três marcas interessantes.

Em três jogos, três vitórias e 13 gols de saldo

Nos últimos três jogos o Fluminense obteve três vitórias e um placar agregado de 13×0. 5×0 sobre o Salgueiro, 4×0 sobre o Bangu e 4×0 sobre o Flamengo. Sem contar jogos amistosos a última vez que o Fluminense conseguiu esta marca foi em 1979. Nas três primeiras rodadas do octogonal decisivo do Campeonato Carioca daquele ano o Tricolor venceu respectivamente Goytacaz (5×0), Bangu (5×0) e Flamengo (3×0).

No vídeo abaixo a vitória por 3×0 no Fla-Flu de 1979, a última vez que o Fluminense havia conquistado três vitórias e 13 gols de saldo em três jogos de campeonato.

 

Um gol sofrido em oito jogos

Outra marca expressiva foi alcançada pelo sistema defensivo da equipe, que tem funcionado bem. Nos últimos oito jogos o time sofreu apenas um gol. Como se sabe a maior sequência sem sofrer gols que o Fluminense já teve aconteceu na campanha do inesquecível título de 1995. Naquela ocasião o goleiro Welerson ficou 759 minutos sem ser vazado. Em sequência: 58 minutos na vitória por 4×3 sobre o Flamengo, sete partidas inteiras e mais 71 minutos na decisão do campeonato, contra o mesmo Flamengo. Aquela do gol de barriga. No entanto, em oito jogos Welerson sofreu mais de um gol, seja se somarmos o jogo imediatamente anterior aos sete invictos (4×3), seja o que veio imediatamente depois (3×2).

Mais uma vez, excluindo-se amistosos, a última vez que o Fluminense levou apenas um gol em oito jogos foi no Campeonato Carioca de 1988. Conseguiu uma marca até melhor: um gol em nove jogos, conforme mostra a sequência abaixo

0) 17/03/1988 – Fluminense 2 x 2 Botafogo
1) 20/03/1988 – Fluminense 0 x 0 Americano
2) 23/03/1988 – Fluminense 1 x 0 Volta Redonda
3) 27/03/1988 – Fluminense 1 x 0 Flamengo
4) 02/04/1988 – Fluminense 4 x 0 Friburguense
5) 09/04/1988 – Fluminense 4 x 0 Volta Redonda
6) 14/04/1988 – Fluminense 2 x 0 América
7) 17/04/1988 – Fluminense 2 x 0 Botafogo
8) 20/04/1988 – Fluminense 1 x 1 Porto Alegre
9) 24/04/1988 – Fluminense 1 x 0 Bangu
0) 01/05/1988 – Fluminense 5 x 1 Americano

OBS: Apesar do Fluminense, assim como em 1995, ter ficado sete jogos consecutivos sem sofrer gols em 1988, em minutos a sequência de 1995 foi bem maior. 759 x 661.

Maior goleada sobre o Flamengo

Por saldo de gols o Fluminense igualou ontem suas maiores goleadas sobre o rival. O tricolor venceu por quatro gols de diferença nas seguintes oportunidades:

21/12/1919 – Fluminense 4 x 0 Flamengo
24/03/1943 – Fluminense 5 x 1 Flamengo
11/04/1945 – Fluminense 4 x 0 Flamengo
15/03/2003 – Fluminense 4 x 0 Flamengo
24/02/2018 – Fluminense 4 x 0 Flamengo

Abaixo o Fla-Flu de 2003, última vez que o Fluminense havia vencido o rival por 4×0. Naquele jogo o técnico tricolor Renato Gaúcho pediu para o time parar, evitando uma goleada ainda maior.

 

A foto do post é de Lucas Merçon/Fluminense FC.

 

Os clássicos

Um tema que tem sido bastante discutido pelos tricolores ultimamente é o desempenho do clube em clássicos. É inegável que de alguns anos para cá o aproveitamento do Fluminense contra seus rivais estaduais tem apresentado um claro declínio. Neste post apresento um raio-x dos confrontos do Fluminense contra Flamengo, Vasco e Botafogo ao longo da história.

por decada

 

Flu x Botafogo

No clássico vovô, o mais antigo do futebol brasileiro, o Fluminense sempre teve vantagem. Desde o primeiro jogo em 1905. Essa vantagem teve seu ápice em 1957, quando o Fluminense, ao derrotar o Botafogo por 1×0 pelo primeiro turno do Campeonato Carioca, abriu 23 vitórias de diferença (61×38). Nos anos 60 o Botafogo reduziu bastante essa diferença, chegando a baixá-la para 11 em 1968 (70×59).

Desde então a vantagem tricolor oscilou entre o valor mínimo de 9 (em algumas ocasiões nos anos 70 e neste ano de 2017) e máximo de 17, em 2005. Atualmente o Fluminense tem 10 vitórias a mais que o Botafogo.

Recordes do clássico:

Maior invencibilidade do Fluminense: 14 jogos entre 1923 e 1929
Maior invencibilidade do Botafogo: 12 jogos entre 1960 e 1964
Maior sequência de vitórias do Fluminense: 5 vitórias entre 1928 e 1929
Maior sequência de vitórias do Botafogo: 4 vitórias entre 1961 e 1962
Maior goleada do Fluminense: 13.05.1906 – Fluminense 8×0 Botafogo
Maior goleada do Botafogo: 25.09.1910 – Botafogo 6×1 Fluminense
Maior artilheiro do Fluminense: Welfare, 18 gols

 

Flu x Flamengo

Todo mundo conhece a história do primeiro Fla-Flu disputado em 1912: um cata-cata tricolor vencendo heroicamente os jogadores que haviam sido campeões pelo próprio Fluminense no ano anterior. Foi uma zebra histórica. Tanto é que o Flamengo venceu os sete clássicos seguintes, e o Fluminense só voltou a vencer em 1916.

A partir daí o confronto apresentou grande equilíbrio e pouco a pouco o Fluminense foi tirando a diferença até conseguir passar o rival em 1938 (26 vitórias contra 25).

Até os anos 60 o confronto se manteve absolutamente equilibrado com Flu e Fla se alternando em vantagem, sempre pequena.

A última vez que o Fluminense esteve em vantagem foi em 1957. Ao vencer o rival por 2×1 no dia 8 de dezembro daquele ano o Tricolor chegou a 56 vitórias contra 55 do adversário. O Flamengo recuperou a vantagem já no ano seguinte e o Fluminense ainda conseguiu empatar o confronto por mais duas vezes. A primeira delas em 1959, e a segunda e última no dia 20 de agosto de 1961, com uma vitória por 4×3. Foi a última vez que os dois rivais estiveram igualados.

Entre 1961 e 1968 o Fluminense teve desempenho pífio no clássico e os rubro-negros pela primeira vez conseguiram abrir uma vantagem confortável com 14 vitórias a mais (62×76).

Desde então a vantagem rubro-negra oscilou entre um mínimo de apenas 4, em 1974, e um máximo de 22 vitórias de diferença, hoje. Nos últimos anos a vantagem de fato se acentuou drasticamente. Até esta década ela nunca havia passado de 15.

É de se notar, especialmente analisando os números por década, que o Fluminense foi mal neste clássico em três momentos específicos de sua história: 1912-1915 (sete derrotas seguidas), 1961-1968 (14 vitórias de vantagem para o Flamengo) e 2011-2017 (7 vitórias de vantagem para o Flamengo). Nos demais períodos há grande equilíbrio, até mesmo com pequena vantagem para o Fluminense.

Jogos em que houve mudança na liderança do confronto:

07.07.1912 – Fluminense 3 x 2 Flamengo – Campeonato Carioca (1×0)
03.08.1913 – Fluminense 3 x 6 Flamengo – Campeonato Carioca (1×2)
08.05.1938 – Fluminense 1 x 0 Flamengo – Torneio Municipal (26×25)
02.06.1940 – Fluminense 1 x 2 Flamengo – Campeonato Carioca (28×29)
19.03.1952 – Fluminense 3 x 2 Flamengo – Torneio Rio-SP (47×46)
20.01.1953 – Fluminense 1 x 3 Flamengo – Campeonato Carioca (47×48)
11.09.1955 – Fluminense 2 x 1 Flamengo – Campeonato Carioca (52×51)
09.12.1956 – Fluminense 0 x 1 Flamengo – Campeonato Carioca (53×54)
08.12.1957 – Fluminense 2 x 1 Flamengo – Campeonato Carioca (56×55)
27.09.1958 – Fluminense 1 x 2 Flamengo – Campeonato Carioca (56×57)

Recordes do clássico:

Maior invencibilidade do Fluminense: 12 jogos entre 1936 e 1938
Maior invencibilidade do Flamengo: 11 jogos entre 1912 e 1916
Maior sequência de vitórias do Fluminense: 4 vitórias entre 1951 e 1952
Maior sequência de vitórias do Flamengo: 7 vitórias entre 1912 e 1915
Maior goleada do Fluminense (por saldo de gols):
21.12.1919 – Fluminense 4×0 Flamengo
24.03.1943 – Fluminense 5×1 Flamengo
11.04.1945 – Fluminense 4×0 Flamengo
15.03.2003 – Fluminense 4×0 Flamengo
Maior goleada do Flamengo:
10.06.1945 – Flamengo 7×0 Fluminense
Maior artilheiro do Fluminense: Hércules, 14 gols

 

Flu x Vasco

Apesar do mito que existia de uma suposta ampla freguesia vascaína, alimentado por estatísticas incompletas que eram divulgadas até mais ou menos o final dos anos 80, o clássico Fluminense x Vasco sempre foi muito equilibrado. Deixou de ser nos anos 90.

O primeiro confronto entre os dois clubes aconteceu em 1923. Eram os tempos do chamado “amadorismo marrom”. Deixando os pormenores para um futuro post, na definição precisa do genial Mário Filho “o Fluminense se considerava um nobre de florete em punho diante de cangaceiros de trabuco”. Nesse cenário o Vasco ganhou todos os quatro primeiros confrontos.

Entre 1939 e 1940 o Fluminense obteve uma sequência de seis vitórias seguidas e passou a frente no confronto pela primeira vez (20×19).

A partir de então os dois times se alternaram na liderança do clássico. Em uma das vezes em que recuperou a supremacia do confronto, entre 1980 e 1985, o Fluminense alcançou sua maior vantagem: chegou a 9 vitórias de diferença ao vencer o Vasco por 3×0 no Campeonato Brasileiro de 1976.

Em 1992 o Vasco tomou a frente pela última vez e desde então vem abrindo vantagem cada vez maior, tendo hoje 25 vitórias a mais.

Jogos em que houve mudança na liderança do confronto:

11.03.1923 – Fluminense 2 x 3 Vasco – Amistoso (0x1)
25.08.1940 – Fluminense 4 x 2 Vasco – Camp. Carioca/Rio-SP (20×19)
05.10.1947 – Fluminense 3 x 5 Vasco – Campeonato Carioca (31×32)
19.09.1948 – Fluminense 2 x 0 Vasco – Campeonato Carioca (34×33)
07.08.1949 – Fluminense 3 x 5 Vasco – Campeonato Carioca (34×35)
20.09.1970 – Fluminense 2 x 0 Vasco – Campeonato Carioca (65×64)
17.03.1985 – Fluminense 1 x 2 Vasco – Campeonato Brasileiro (89×90)
12.04.1987 – Fluminense 3 x 0 Vasco – Campeonato Carioca (91×90)
29.11.1992 – Fluminense 0 x 1 Vasco – Campeonato Carioca (99×100)

Recordes do clássico:

Maior invencibilidade do Fluminense: 13 jogos entre 1969 e 1971
Maior invencibilidade do Vasco: 10 jogos entre 1991 e 1993, e entre 2012 e 2015
Maior sequência de vitórias do Fluminense: 6 vitórias entre 1939 e 1940
Maior sequência de vitórias do Vasco: 5 vitórias entre 1999 e 2000
Maior goleada do Fluminense (por saldo de gols):
22.11.1925 – Fluminense 5×1 Vasco
11.05.1941 – Fluminense 6×2 Vasco
24.06.1948 – Fluminense 4×0 Vasco
08.09.1974 – Fluminense 5×1 Vasco
Maior goleada do Vasco:
09.11.1930 – Vasco 6×0 Fluminense
Maior artilheiro do Fluminense: Waldo, 12 gols

Fla-Flu e a lógica, eternos rivais

Fluminense x Flamengo, segundo turno do Campeonato Carioca de 1982. O Flamengo já tinha conquistado o Brasileiro daquele ano, estava vivendo os melhores anos de sua história. O Fluminense fazia campanha fraquíssima. Apesar de já contar com Paulo Victor, Aldo e Jandir, que fariam história nos anos seguintes, e com o veterano Rubens Galaxe, de tantas conquistas pelo clube, o time era sofrível.

46 minutos do segundo tempo. 0x0 no placar. Escanteio para o Flamengo, Paulo Victor reclama com o árbitro Élson Pessoa, pede que ele encerre o jogo. Para evitar spoilers, o resto da história você vê no vídeo abaixo.

Esta partida completou 35 anos ontem. É mais uma entre as inúmeras que comprovam que a lógica neste clássico vale muito pouca coisa. Tudo pode acontecer. Sempre.