Vai pagar?

Tem gente que diz que o Eurico Miranda botou o Fluminense na série A em 2000. Não sei se é verdade.

O que é verdade, fato, é que o Fluminense botou o Flamengo na série A do Campeonato Carioca em 1912. Nunca cobrou, nunca jogou na cara, nunca mandou pagar a série B. Só botou.

Não seria estranho se o Fluminense, naquela oportunidade, tivesse tentado fazer algum tipo de retaliação ao Flamengo, afinal era justamente o clube que recebera os jogadores tricolores que, liderados por Alberto Borgerth, haviam abandonado as Laranjeiras após ganhar o título de 1911. Mas ao contrário, o Fluminense botou o seu futuro maior rival na primeira divisão e com um cata-cata de jogadores do segundo quadro venceu o primeiro Fla-Flu.

O trecho do livro “Histórias do Flamengo” reproduzido abaixo relata os acontecimentos da época. O autor do livro é Mário Filho. Rubro-negro, insuspeito, reconhecidamente um dos maiores nomes da história do jornalismo esportivo brasileiro.

Histórias1

Historias2

Mário Polo, citado no texto, foi um grande dirigente do Fluminense na primeira metade do século XX, chegando inclusive a ser presidente do clube.

Muita gente imagina que o rubro-negro começou a disputar o campeonato diretamente na primeira divisão porque na época não existia outra. Não é verdade. A segunda divisão já existia e poucos anos depois seria criada também a terceira. O Vasco por exemplo, começou a disputar futebol em 1916 e só chegou à primeira divisão em 1923. O Flamengo não precisou passar por isso.

Por mais que o tempo passe a história não se apaga.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s